Os Três “Sebastians”-Parte 1-Vettel

Publicado: 29/09/2013 por Matheus Maia em Início

POR MATHEUS MAIA

Os três “mosqueteiros” do nosso automobilismo. Pra vocês se ligarem, Os Três Mosqueteiro é a história de quatro homens que lutam a serviço da coroa francesa no século 17, o quarto é um jovem garoto, D’Artagnan, que vai em busca de Athos(Vettel), Porthos(Ogier) e Aramis(Loeb) enfrentando várias confusões(vamos voltar ao que interessa?). Então, Vettel, Ogier e Loeb serão apresentados a vocês em três episódios, boa leitura:

Vettel

Nascido em 03 de julho de 1987 em Heppenheim, Bergstraße, Hesse, Alemanha Ocidental, foi criado com duas irmãs, Melanie e Stefani, e um irmão mais novo, Fabian. Tendo como herói seu compatriota Michael Schumacher(esperem que ele e seu irmão vão aparecer em um mês aqui no VP), começou com sete anos a ganhar corridas, a primeira numa competição de Kart local. Em 97 se moveu para profissionais categorias de Kart. Em 2001, Vettel passou a ganhar o Campeonato de Júniores Karting Eureopean (ICA). Permanecendo na categoria em 2002, Vettel a realizou com menos sucesso para terminar o campeonato na singela sexta posição.

Já em 2003, Vettel fez mais um passo em sua carreira automobilística, na qual ele começou a competir em monopostos ao ingressar na Fórmula BMW ADAC dentro de sua terra natal, a Alemanha. Lá conseguiu ao final de sua primeira temporada um segundo lugar. Na sua segunda temporada, conseguiu ser campeâo.

Vettel pela Fórmula BMW (Créditos:VETTEL/AUTOBILD.ES)

Vettel pela Fórmula BMW (Créditos:VETTEL/AUTOBILD.ES)

Após seu sucesso na Fórmula BMW, Vettel seria promovido para competir a temporada de 2005, juntando-se a Formula 3 Euro Series competindo pela equipe ASL Mücke Motorsport com Paul di Resta. Lewis Hamilton,agora na McLaren, que o irá encontrar de novo, foi o vencedor daquela temporada e Vettel ficou em quinto no geral. Vettel também iria competir na prestigiada corrida de F3 no Grande Prémio de Macau. O alemão teve um bom desempenho no Grande Prémio de Macau, terminando a corrida em terceiro, atrás de Lucas di Grassi e Robert Kubica.

Vettel passaria a competir uma segunda temporada na Fórmula Três com a equipe ASL Mücke Motorsport. Dessa vez teve que encarar Paul Di Resta, agora da Force India,Kamuy Kobayashi(EX-F1) e Giedo Van Der Garde, na Caterham, os dois pilotos da ASL Mücke Motorsport,Vettel e Di Resta, estavam bem na temporada, até… Vettel quase perder o dedo(o por que vocês vão saber mais pra frente) e voltar 4 semanas depois, logo na corrida seguinte. Mas seus esforços e dores combinados o deixaram com o vice campeonato. Di Resta se consagrou o campeão naquele ano.

5179308721_4eca790734

Vettel e seu monoposta da Fórmula 3(Créditos:Vettel/Flickr)

Vettel deu duas aparições na World Series by Renault com a Carlin Motorsport, nas corridas de Misano e Spa-Francorchamps do Campeonato de 2006. Em Misano terminou em segundo lugar, já em Spa-Francorchamps…o alemão rodou na temida Eau-Rouge e foi direto pro muro.

Lembram de que eu falei que ele tinha quase perdido o dedo?Foi nesse acidente, com detritos da forte panca. Com isso, quase perdeu o ano, mais como já dito ele voltou a correr e não fez mais nada. Em 2007, embora apenas aparecendo brevemente na World Series em 2006, Vettel optou por se mudar para a série em tempo integral para a temporada. Vettel mais uma vez competiu pela Carlin Motorsport e desde o início da temporada provou ser um forte candidato ao título. Vettel teve uma vitória em sua casa,  também na corrida em Nurburgring e tinha tomado outros dois pódios ao longo da temporada.

vett_wsr_2007-1-1024x683

Sebastian Vettel em Monte Carlo(Créditos:Vettel/F1Fanatic)

No entanto, apesar de liderar o campeonato até o final da rodada húngara do campeonato, Vettel optou por deixar a categoria, a fim de juntar-se a categoria dos sonhos.

(Voltando um pouco nos anos, depois vocês vão entender) Após o sucesso de Vettel na Fórmula 3, que o viu ganhar quase todas as corridas e dar uma vitória convincente no campeonato, Vettel foi convidado a participar de um teste de Formula 1 em 2005 pela Willians-Bmw. No dia 27 de setembro de 2005, Vettel levou um carro de Formula 1 pela primeira vez em uma sessão de testes no Circuito de Jerez ao lado de Mark Webber, seu atual companheiro, e o piloto de testes da Williams Nico Rosberg. Vettel passou cerca de três horas no WilliansFW27 e completou junto aos outros um total de 25 voltas ao circuito.

Em 2006, a BMW comprou uma participação majoritária na Sauber F1 Team, renomeando a equipe BMW Sauber . A associação de Vettel com a BMW continuaria na nova equipe, apesar do fato de o seu movimento de Williams . No dia 6 de Julho de 2006 Vettel competiu em sua segunda sessão de testes de Fórmula Um ao lado do piloto de testes da equipe Robert Kubica . Vettel teve uma extensa sessão de testes com o carro da Williams do ano anterior, completando um total de 83 voltas para a equipe BMW Sauber. Um pouco depois, Vettel viria a ser o piloto reserva oficial com a saída de Jacques Villeneuve e ida de Kubica para correr o resto da temporada, com isso, participou de todos os treinos livres programados para a primeira sessão.

Fez o melhor tempo na Turquia e na Itália também não desapontou. Nas outras também foi um dos melhores e também participou, agora inteiramente, nos testes de Monza e Silverstone.

vett_bmw_inte_2006-1024x679

Vettel em Interlagossss(Créditos:Vettel/F1Fanatic)

Para a Temporada 2007, Vettel continuou em seu papel de piloto reserva da Sauber. Vettel foi envolvido em uma quantidade significativa de testes de pré-temporada com a equipe e foi convidado para competir nos treinos de sexta-feira as duas primeiras rodadas do campeonato na Austrália e na Malásia. Assim como Vettel fez uma extensa quilometragem de testes e avaliação para a equipe durante toda a temporada, ele merecia ser chamado uma vez para correr né?Ai veio a chance, Kubica começou a colecionar acidentes(ele deve ter né?toda hora se acidenta no WRC(World Rally Championship)). Quando Robert Kubica sofreu um grave acidente no Grande Prêmio do Canadá, que o deixou ferido com um traumatismo e entorse no tornozelo, foi anunciado que ele não poderia competir na etapa do Estados Unidos, o alemão logo foi chamado tendo a sua primeira chance de ganhar pontos.

Apesar de estar familiarizado com o circuito de Indianapolis, “Athos” conseguiu impressionar durante os treinos, sempre estando entre os carros mais rápidos. Na qualificação, Vettel continuou a impressionar colocando seu carro sétimo no grid, apenas dois lugares atrás de seu companheiro Nick Heilfield(EX-F1) . A corrida começou menos bem com Vettel largando para trás quatro lugares antes da primeira curva. Vettel conseguiu seu caminho de volta para o oitavo lugar, e estava começando a pressionar Mark Webber antes de cruzar a linha de chegada. Com apenas 19 anos de idade, Vettel se tornou o piloto mais jovem a marcar pontos na categoria, terminando na oitava posição.

Para a próxima corrida no Grande Prêmio da França, Robert Kubica voltou a sentar corrida dentro da equipe, botando Vettel de volta ao seu papel de teste da equipe e piloto reserva. Mais não durou muito, pois a Toro-Rosso abriu uma vaga depois de desentendimentos com Scott Speed, agora um dos piores da Nascar, com isso Seb pegou seu lugar. No GP do Japão, Vettel bateu em Mark Webber durante uma bandeira amarela com Safety Car(Montoya seu copião) e os dois sairam da prova. Na China, mais confusão, Vettel atrapalhou Heikki Kovalainen(EX-F1) durante a qualificação e tomou dez posições no grid. No final, terminou em quarto.

Vettel e sua Toro-Rosso em Fuji(Créditos:Vettel/F1Fanatic)

Vettel e sua Toro-Rosso em Fuji(Créditos:Vettel/F1Fanatic)

No GP da Inglaterra,se deram conta de que Coulthard, que corria pela Red Bull, estava para se aposentar no final da temporada e Sebastian tomaria seu lugar como companheiro de equipe de Mark Webber para 2009.

Sebastian se tornou o piloto mais jovem a vencer uma corrida de Fórmula 1, com 21 anos, quando ele levou a vitória no Grande Prêmio da Itália. Foi o primeiro pódio e primeira vitória para a Toro Rosso. Ele também se tornou o mais jovem pole e o mais jovem piloto com um lugar no pódio da categoria. 

Vindo para a próxima temporada: Vettel começa a colecionar vitórias e voltas mais rapidas. Ao final, ficou em segundo atrás de Barrichelo.

Em 2010, mais vitórias e também recordes quebrados, o de piloto mais jovem a vencer o mesmo Grand Prix duas temporadas seguidas. Com disputa até o GP final, no Brasil, aonde Vettel foi o piloto mais jovem a ganhar um titulo mundial. A RBR foi a construtora campeã da temporada.

start_inte_2010-61-1024x682

Vettel em Interlagos(Crédito:Vettel/F1Fanatic)

Partindo pro penúltimo ano a ser por mim retratado, Vettel começa bem ganhando a primeira do ano, em Melbourne. Depois de quatro etapas, liderou a frente de Jenson Button. Seb avança para mais um titulo, e vai finalizando várias corridas entre os cinco primeiros. Em Suzuka, no Japão, Vettel confirma mais um titulo. E se torna o piloto mais jovem a ganhar dois titulos consecutivos. Em 2012, mais precisamente no dia 24/02, Vettel recebeu do presidente da Alemanha a “Folha de Prata”(“Silberne lobeerblat”), a maior condecoração dada a um atletista alemão. Nesse mesmo ano, Vettel sem muitas dificuldades conquistou seu tri-campeonato. Com Alonso em segundo.

Em 2013, Vettel é o lider e muitos já o dão como campeão de novo.

Foi por hoje galera!Até mais tarde com os resumões!

Anúncios

O que for comentado, será revertido para fundos para a criação de uma equipe Manauara-Carioca (Cosme GP para os íntimos) kkkk

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s